Depois da festa, o regresso à Liga NOS

Devido à participação na final-four da Taça CTT, o Moreirense só hoje, 02, (pelas 19h00, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas) irá jogar a partida referente à 19ª jornada da Liga NOS. Augusto Inácio não se cansa de lembrar que o campeonato é o principal foco da sua equipa e, por isso, o jogo de hoje assume um papel importante para os cónegos.

Em caso de triunfo, o Moreirense aumenta para sete pontos a vantagem para equipa que está logo abaixo da linha de água, o Nacional da Madeira. Também, porque o adversário de amanhã, o Feirense, poderá ser ultrapassado na tabela classificativa pela turma vimaranense.

Na primeira volta, o Moreirense conseguiu uma vitória folgada (0-3) em Santa Maria da Feira. No historial dos confrontos entre estas duas equipas, o Moreirense totaliza sete vitórias, seis empates e nove derrotas. No que diz respeito ao jogo de hoje, os índices de confiança da equipa do Moreirense não poderiam estar mais elevados, já que vem de um triunfo histórico na Taça da Liga, ao conquistar pela primeira vez o trofeu, frente ao Sporting de Braga, no passado domingo.

O jogo tem início às 19 horas (SportTV1) e terá como árbitro, Bruno Paixão, da AF Setúbal. É o árbitro no ativo com mais jogos no principal escalão do futebol português.

“Já esqueci a final com o Braga”

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo de hoje, Augusto Inácio salientou o facto de não viver do passado alegando que quem quer ganhar no futuro não pode viver das vitórias do passado: “Se eu me quiser lembrar do jogo do jogo com o Braga, tenho que ir ao museu. Já esqueci a final com o Braga”, referiu o técnico dos cónegos. Salientando a importância dos três pontos do jogo com o Feirense, Augusto Inácio referiu que “uma vitória amanhã faz com a minha equipa tenha 90 por centro de ficar na primeira liga”.

Texto: Alberto Filipe