Realizador Gonçalo Tocha em “Sessão Dupla” com cinema e música

Gonçalo Tocha é o convidado da primeira edição da “Sessão Dupla”, com que o Shortcutz Guimarães assinala a chegada do Verão e a respetiva pausa nas suas sessões regulares. O realizador e músico português estará na sede do Cineclube de Guimarães, hoje, 29, e amanhã, 30, para mostrar as suas duas caras como artista: primeiro como cineasta, apresentando “Torres e Cometas”, que realizou para a Guimarães 2012 – Capital Europeia da Cultura, e, no dia seguinte, como um dos elementos da dupla TOCHAPESTANA.

gemeas

O Shortcutz Guimarães escreve que, numa e noutra facetas artísticas, Gonçalo Tocha é acompanhado por Dídio Pestana – que é a outra metade da dupla musical e também o responsável pelo som dos seus filmes. Depois de “É na Terra, não é na Lua” (2011), um diário de viagem de dois anos de incursões de Tocha e Pestana pela ilha do Corvo, a mais pequena do arquipélago dos Açores, surgiu a encomenda para um filme sobre Guimarães, no âmbito da Capital Europeia da Cultura. A dupla passou dois meses em Guimarães e o resultado foi “Torres e Cometas”, um filme que questiona a identidade vimaranense a partir da perspectiva dos habitantes locais.

Do Castelo a S. Torcato, do Toural à Penha, a viagem por Guimarães faz-se à boleia de dezenas de vimaranenses que são os verdadeiros especialistas convocados para esta reflexão. “Torres e Cometas” – que foi premiado no Indie Lisboa em 2013 como melhor documentário português – foi projectado uma única vez em Guimarães, aquando da sua estreia. Esta é, por isso, uma oportunidade para ver ou rever um dos grandes filmes produzidos na cidade por ocasião da Capital Europeia da Cultura. A sessão acontece esta quinta-feira, pelas 22h00, na sede do Cineclube de Guimarães. A entrada é livre.

No dia seguinte, Gonçalo Tocha regressa à sede do Cineclube de Guimarães desta vez para se apresentar como músico. TOCHPESTANA é um super duo de tecno-baile-turbo-rock português formado há 10 anos. Depois de “Música Moderna” (2014), que levou Gonçalo Tocha e Dídio Pestana a uma digressão de um ano com passagens memoráveis por festivais como Milhões de Festa, Bons Sons ou Jardins Efémeros, a dupla lançou, em Fevereiro, o seu segundo disco, “Top Flop”.

Este é um álbum assumidamente ecléctico com cada canção funcionando por si só e unidas pelo método de composição. É um álbum unido pela voragem de retratar a sua época, começando pela discoteca de aldeia, passando pelo culture clash de uma cidade e dos seus bairros, entrando e saindo com o mesmo pé dos festivais populares televisivos, afirmando a resistência pessoal em tempos duros e a sua vertigem para o abismo, fazendo a apologia da noite sem fim, elogiando a mulher e a rainha sem coroa da pop nacional, terminado numa elegia romântica do mito ocidental. Esta mistura de universos, entre os acordes maiores e menores, transportam as melodias para um limbo entre a melancolia e a euforia.

gil-doce

É este o registo que TOCHAPESTANA apresentarão no terraço do Cineclube de Guimarães, numa noite de festa e música popular – da aldeia à discoteca, do baile popular ao ritmo mais progressivo do clube. O concerto está marcado para sexta-feira, 30 de Junho, às 22h00. A entrada é livre.