Ilda Pereira conquista 2.º lugar em competição na Colômbia

A Leyenda del Dorado é o Evareste do BTT: uma corrida por etapas de classe UCI com mais de 450km ao longo de 7 etapas e mais de 16.000mts de acumulado.

Sendo o “Evareste” do BTT, todas as etapas têm subidas de mais de “mil” metros seguidos por descidas técnicas. O trabalho em equipa dentro das duplas é fundamental para superar o cansaço. Só o terminar a La Leyenda já é ter sucesso.

A atleta Vimaranense Ilda Pereira e a Espanhola Mayalen Noriega, representando a Casa Myzé Team, experienciaram uma incrível biodiversidade, ultrapassaram os 4000mts de altitude, temperaturas extremas e uma grande variedade de ecossistemas por povoações que receberam acaloradamente os atletas.

La leyenda

Os 7 dias de competição foram iniciados por um Prólogo de 49km marcado por longas subidas junto de plantações de café, com pendentes médias que chegavam aos 35%. Ilda e Mayalen terminaram em 3º lugar muito juntas da 2ª dupla.

Na etapa 1, Café, com 70km e 1700mts +, passando por fantásticos singletracks e plantações de café, Ilda e Mayalen terminaram em 2º e subiram também ao 2º lugar da geral.

Os 97km da Etapa 2, Rio, desenharam uma etapa muito dura junto ao rio Cauca e caracterizada por um fantástico e duro singletrack de 16km. Ilda e Mayalen reforçaram o seu 2º lugar na geral com mais um 2º lugar na etapa.

Uma prova de XCO foi o dia da 3ª etapa com um percurso muito duro física e tecnicamente durante 3 voltas. A nossa dupla manteve o seu 2º lugar.

Mayalen partiu para a 4ª etapa doente. Os mais de 2500mts de acumulado dos 75km de extensão da Selva foram geridos com inteligência e experiência, o que permitiu à nossa dupla manter a 2ª posição da geral com um exímio trabalho de equipa.

A 5ª etapa, Volcão, etapa raínha do evento, teve uma subida com 40km onde os atletas ultrapassaram os 4000mts de altitude. Nesta etapa Ilda e Mayalen orientaram muito bem todos os kms, definiram uma estratégia de gestão de esforço para uma etapa tão longa e dura para terminarem e manterem a 2ª posição na geral.

A última etapa, El Dorado, aparentemente simplificada pelos 29km de extensão, fez-se altamente desafiante pelo ritmo balístico colocado pelos atletas elites masculinos do pelotão e pelas subidas muito curtas e intensas com que Ilda e Mayalen coroaram, em Manizales, em plena praça central, um fantástico 2º lugar.