96 anos de Vitória

Aqui em casa não há dias de aniversário. Há semana de aniversário, de celebração do início de existência de pessoas especiais neste mundo.

Esta semana não celebramos uma pessoa, mas sim uma entidade que faz parte da nossa existência. Uma entidade que os une, uma entidade que nos estrutura e justifica. Algo que não só faz parte da família, mas que de certa forma acaba por ser o motivo de parte da família existir.

Portanto, as celebrações já começaram por estes lados.

Não há jogos de futebol da equipa A esta semana (voltam domingo depois de mais de 20 dias sem vermos a bola a rolar), mas há jogos da formação e a apresentação oficial das modalidades do clube. Aquelas que nos tornam especiais e um clube cada vez mais eclético. Aquelas nas quais as pessoas envolvidas dão tudo de si (e um pouco mais) para que sejam cada vez melhores.

Não há jogos de futebol da equipa A, mas há vídeos de jogos antigos, há histórias para partilhar, há análises e discussões para ter sobre o futuro deste clube.

Não há jogos de futebol da equipa A, mas há tours para se fazer pela cidade mais bela do mundo com os lugares míticos da Nossa História.

São 96 anos de História e nesses 96 anos de existência cabem muitas alegrias e muitas tristezas, sofrimento e gritos de alegria.

São 96 anos de História e nesses anos de História cabem tantas memórias, tantos jogos, tantas vitórias que me fizeram amar este clube ainda mais, tantas derrotas que me fizeram nunca desistir desse grande amor. É tão bom recordar tudo aquilo que já me foi proporcionado através da equipa da minha vida. O meu corpo arrepia-se ao relembrar os momentos de glórias que já vivi com o Rei ao peito, os quilómetros percorridos, as vezes em que a voz me falhou nos dias pós-jogos, o estádio inteiro a apoiar, as claques a cantarem 90 minutos sem parar de cantar, o nosso apoio e as nossas crenças inabaláveis.

É tão bom ser vitoriana! É tão bom fazer parte desta família!

Ser vitoriano é uma coisa que ninguém vai entender, que só quem é sabe, uma sensação que ultrapassa a razão e que nos torna cada vez mais especiais. Ser vitoriano é sofrer 365 dias do ano e saber que em todos eles vais ser feliz!

Parabéns à equipa da minha vida! Parabéns ao Vitória Sport Clube por estes extraordinários 96 anos de vida! Que os próximos sejam ainda melhores!

Sandra Fernandes, 27 anos, é orgulhosamente vimaranense, Vitoriana e Potterhead. É licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho, Mestre em Gestão Desportiva pela Faculdade de Desporto da Universidade do Porto e Especialista em Organização de Eventos e Protocolo Desportivo pela Universidad Camilo José Cela. O coração costuma falar mais alto do que a razão quando se trata do Vitória, mas vai tentar partilhar o que lhe vai na alma à segunda-feira.