Há um 1 ano a “Continuar Guimarães”

LJ-CC-AS100-2

Há precisamente um ano, em 1 de outubro de 2017, o PS alcançou em Guimarães uma das suas vitórias mais significativas do seu historial eleitoral.

Merecemos a confiança dos vimaranenses na Câmara Municipal, na Assembleia Municipal, e em 36 das 48 freguesias/uniões do município, passando a liderar sete das nove vilas que integram o Concelho.

Esta vitória foi o reconhecimento dos bons resultados, frutos da ação e das opções políticas dos nossos autarcas. Dos Presidentes de Câmara, aos Presidentes de Junta de Freguesia, passando pela Assembleia Municipal órgão relevante no equilíbrio democrático.

Guimarães transformou-se nos últimos 30 anos, como, aliás, a generalidade dos Concelhos Portugueses. Mas, sem que tivesse sido uma inevitabilidade, Guimarães constitui-se como um território de referência na região, no país e no mundo.

Da política de reabilitação urbana que tornou o nosso centro histórico nas décadas anteriores referência nacional e europeia e a sua consagração como património cultural da humanidade, à política de criação e promoção cultural que nos distinguiu como Capital Europeia da Cultura em 2012, tinham-se acrescentado novos desafios, também eles assumidos pelos vimaranenses com orgulho, com “patriotismo” de cidade.

Um ano após as autárquicas de 2017, Guimarães prossegue a concretização de políticas de qualidade urbana em todo o território, valorizando a coesão territorial, e abandonando os antigos conceitos de centro e periferia. Prossegue a inovação ambiental de que a recente inauguração da Ecovia é testemunho, o apoio ao tecido empresarial e na criação de um ambiente favorável ao investimento e criação de emprego. Sustenta uma política de educação assente em projetos para todos, criando nas crianças que frequentam as nossas escolas o prazer de estudar, a formação cidadã, o gosto pelo ambiente, pelo património, pela cultura.

Há, porém, imensos desafios para concretizar nos próximos anos. Reconhecemo-los na mobilidade, na rede de transportes, na definição de políticas de habitação acessível e fixação de população, na contínua modernização económica, na definição de uma política cultural e turística integrada e na atração de mais “massa crítica” que valorize ainda mais a cidade modelo que já somos.

O PS conhece esses desafios, sabe da sua exigência, e com o apoio dos vimaranenses irá prosseguir o caminho do desenvolvimento que todos ambicionamos.

Luís Soares, 35 anos, Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra. Lidera a Concelhia do Partido Socialista em Guimarães desde 2018 e desempenha o mandato de Deputado à Assembleia da República e de Presidente da Junta de Freguesia de Caldelas, Vila das Taipas.