A ver vamos se assim será!

É mais que do que sabido que para o Bloco de Esquerda existem questões reveladoras da sua real preocupação com o bem estas das pessoas, e que se repartem por temas tão importantes como a educação, a saúde, habitação e os transportes, enumerando apenas alguns exemplos.

A ver vamos se assim será!

Na área dos transportes defendemos o regresso dos TUG para a alçada da Câmara assim que termine o período de concessão à Arriva, o que permitiria uma maior responsabilização do Executivo quanto à qualidade e preço praticado pelo serviço, e isto tanto na área urbana como nos territórios mais periféricos.

Bem, parece que anda por aí solução à vista, pelo menos para os territórios de mais baixa densidade, em que a Vitrus terá na ideia do Sr. Presidente Domingos Bragança, o perfil necessário.

A ver vamos se assim será!

Quanto à habitação, é opinião do Bloco de Esquerda que a autarquia deve apostar na criação de oferta habitacional a preços contribuindo desta forma para a fixação de jovens em Guimarães e ter também especial atenção para as notórias falhas na oferta para os estudantes vindos de fora, criando mais residências universitárias, ou soluções equiparadas, ajudando à folga financeira tão necessária para as famílias destes jovens.

Mais uma vez a Câmara de Guimarães usa como suas as opiniões e sugestões da oposição. Não esquecer que na Assembleia Municipal onde foi levada a discussão a questão do Monte Cavalinho, o Bloco de Esquerda questionou sobre quantos fogos habitacionais, dos que aí vão nascer, serão para oferta a preços controlados e para a comunidade estudantil. Ficamos sem resposta clara, até porque à data e após consultar o alvará e vários documentos do processo, nenhuma dessas questões tinha lá resposta.

A ver vamos se assim será!

O seu a seu dono.

 

 

.

Sónia Cristina Patrocínio Gonçalo Ribeiro, 43 anos, é coordenadora da concelhia de Guimarães do Bloco de Esquerda, membro da distrital do BE e presidente do CESMINHO- Sindicato do Comercio Escritórios e Serviços do Minho.