Fazer ainda mais e melhor

Há quatro anos o Partido Socialista apresentou-se aos eleitores com um programa eleitoral que se constituía como uma alternativa à Governação PSD/CDS. Recupero os nossos compromissos de há quatro anos:

 Virar a página da austeridade e devolver rendimentos;

 O combate ao desemprego e a criação de mais e melhor emprego;

 O combate às desigualdades e a promoção da coesão social;

√ Respeitar os compromissos internacionais;

Viramos a página da austeridade, devolvendo rendimentos aos portugueses, aumentando salários, induzindo a procura interna e gerando confiança na economia que cresceu e convergiu com as economias da Zona Euro.

Criamos 350 mil novos postos de trabalho e reduzimos de forma acentuada a taxa de desemprego que registou no ano de 2019 mínimos históricos.

Retiramos 180 mil portugueses da situação de pobreza em que se encontravam. Repusemos direitos e prestações sociais para as crianças, para os idosos e para os que mais precisavam.

Cresceram as contribuições sociais, as receitas fiscais e equilibramos as contas públicas, honrando assim os nossos compromissos internacionais e reduzindo o défice e a dívida pública.

Mas o Partido Socialista tem os olhos postos no futuro. Queremos continuar a fazer mais e ainda melhor. O país precisa de continuar a crescer salários, a criar mais e melhor emprego, continuar a reforçar os serviços e à administração pública como garante da igualdade de oportunidades: a saúde, a educação e a segurança social. O país precisa de continuar o processo de consolidação da nossa economia e continuar a garantir equilíbrio das nossas contas públicas. É preciso vencer os desafios estratégicos que Portugal enfrenta e que constam do programa eleitoral do Partido Socialista (o combate às alterações climáticas; a resposta ao desafio demográfico; a construção da sociedade digital e a redução das desigualdades).

Os candidatos do Partido Socialista às próximas eleições legislativas de 6 de outubro partem para o próximo mês com o sentimento de dever cumprido e com o objetivo de esclarecer os cidadãos sobre o trabalho que desenvolvemos e sobre o que queremos fazer nos próximos quatro anos. Apresentar, discutir e esclarecer as propostas do programa do Partido Socialista.

Foi este programa que devolveu dignidade ao país e gerou confiança nos portugueses. É este programa que considero que deve continuar a ser posto em prática. Para que tal aconteça temos que dar força ao Partido Socialista. É o que peço aos Vimaranenses. Força para fazer mais e ainda melhor.

Luís Soares, 35 anos, Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra. Lidera a Concelhia do Partido Socialista em Guimarães desde 2018 e desempenha o mandato de Deputado à Assembleia da República e de Presidente da Junta de Freguesia de Caldelas, Vila das Taipas.