“Mulheres com deficiência e o seu envolvimento social” em debate na BMRB

No âmbito do projeto RISEWISE (Women with disabilities In Social Engagement), financiado pela Comissão Europeia através do Programa Horizon 2020, e localmente promovido pela Fraterna e pela Universidade do Minho, em colaboração com a câmara municipal de Guimarães e duas investigadoras espanholas, decorre hoje, dia 26 de abril, entre as 14h30 e as 17h00, no auditório da Biblioteca Municipal Raul Brandão, um encontro onde se pretende debater o tema das mulheres com deficiência e o seu envolvimento social.

Durante dois meses, duas professoras da Universidade Complutense de Madrid (UCM) estiveram em Guimarães a estudar as questões relacionadas com a deficiência e as mulheres em Portugal e terão, neste encontro, oportunidade de divulgar os resultados comparativos entre Portugal e a EU relativos a este tema.

“O projeto RISEWISE centra-se no estudo das mulheres com deficiência nas diferentes perspectivas, tentando identificar as necessidades e as melhores práticas em vários países da UE, representando ambientes culturais e socioeconómicas diferentes, com vista à sua integração e à melhoria da sua qualidade de vida nas diferentes dimensões. Através da aplicação de um método novo de análise, com base na experiência adquirida com o intercâmbio entre investigadores, especialista em inovação tecnológica e profissionais no espaço europeu e entre as instituições participantes, o projeto vai identificar um conjunto de linhas multissetoriais que podem contribuir para melhorar a integração e o envolvimento deste segmento da população na sociedade.”, lê-se no comunicado de imprensa.