Centro histórico sitiado pela Feira Afonsina até domingo

Programa disponível aqui.

 

A Feira Afonsina já tomou conta do centro histórico de Guimarães. A novidade deste ano está no alargamento ao largo de Donães, inaugurado há um ano. Apresentações teatrais, a realização de quatro momentos de recriação histórica de todo o fim de semana são as novidades da sétima edição do certame que arrancou ontem e segue até dia 25.

Segundo a comunicação do município, “O Batismo” na Igreja de S. Miguel, “O Torneio” no jardim lateral do Paço dos Duques de Bragança, “A Ceia” na Sala da Duquesa do Paços dos Duques e “O Baile” no claustro do mesmo palácio vão abrilhantar o evento deste ano, dedicado a todo o cerimonial que está em torno do primeiro ritual religioso do infante Afonso Henriques, filho do Conde D. Henrique e de D. Teresa, batizado na pequena igreja românica de S. Miguel, na presença de ilustres gentes do Condado Portucalense.

Os quatro momentos de recriação, cujo tempo de duração varia entre os 25 e os 45 minutos, têm entrada livre, no entanto, devido à lotação dos espaços, é necessário adquirir previamente os respetivos ingressos na bilheteira do Paço dos Duques de Bragança, até 10 minutos antes do espetáculo num máximo de 5 por pessoa. Já venda de bilhetes para a ceia medieval começa já esta segunda-feira, 12 de junho, no Balcão Único da Câmara Municipal de Guimarães, entre as 09 e as 16:45 horas.

Em 2017, a feira terá 110 mercadores, cerca de duas centenas de voluntários e uma alargada participação do movimento associativo de Guimarães.

Fotos: Domingos Oliveira