Virgínia Moura e Francisco de Holanda integram lista de escolas com flexibilização curricular

Os agrupamentos de escolas Virgínia Moura e Francisco de Holanda vão integrar, no próximo ano letivo, a lista de escolas com flexibilização curricular, integrando assim um projeto-piloto do Ministério da Educação. Currículos mais flexíveis, oportunidade de criar ou fundir disciplinas, turmas com menos alunos nas escolas consideradas territórios de intervenção prioritária, férias de Natal, Carnaval e Páscoa no pré-escolar, intervalos que contam para tempo de aulas, manuais gratuitos no 1.º ciclo são algumas das novidades.

ipsis-verbis

Segundo o site Educare, esta mudança terá também os olhos postos no processo de municipalização e nas alterações à legislação da Educação Especial, bem como nas regras de acesso ao Ensino Superior. Este projeto-piloto vai dar mais autonomia às escolas na gestão dos seus currículos e avançará em apenas 236 estabelecimentos de ensino (171 públicos e 61 privados e quatro são escolas portuguesas no estrangeiro), sendo que dois desses agrupamentos estão sedeados em Guimarães.

As escolas poderão gerir até 25% da sua carga horária, de matriz curricular, e até criar novas disciplinas. Disciplinas anuais poderão passar a semestrais ou mesmo ser fundidas. Os tempos poderão ser redistribuídos de outras formas para investir no trabalho interdisciplinar. Haverá duas novas disciplinas: Cidadania e Desenvolvimento e Tecnologias de Informação e Comunicação. E surgem as designadas “aprendizagens essenciais”, ou seja, o que os alunos devem saber em cada disciplina, à semelhança das metas curriculares.

Depois deverá ser feita uma avaliação para ver como as escolas geriram as possibilidades que lhe foram dadas, revela o site da especialidade. De qualquer forma, esta mudança implicará mais recursos humanos e mais financiamento: são necessárias mais pessoas capazes de acompanharem estas alterações em vários níveis, na forma de ensinar e de aprender. O pontapé de saída será dado em Setembro, para o ano letivo 2017/2018.