Compromisso!

Hoje é dia de tomada de posse. Hoje novas equipas assinam o seu compromisso com os vimaranenses e assumem o compromisso de os defender e de melhorar a qualidade de vida na nossa bela cidade. O tempo nos dirá quem se vai aguentar neste compromisso.

A CDU a cada eleição respeitou sempre os seus eleitores e cumpriu com Guimarães o seu papel determinante, com trabalho, honestidade e competência que são reconhecidos aos seus eleitos. Guimarães contou sempre com a Voz activa e atenta da CDU, contou nos últimos 4 anos com o vereador Torcato Ribeiro na Câmara Municipal que a cada reunião levou sempre uma visão crítica e construtiva para o desenvolvimento da cidade de Guimarães.

A Voz da CDU contou na Assembleia Municipal com intervenções sempre próximas da população. Desde as obras das urgências no Hospital da Senhora da Oliveira, às constantes preocupações com as condições do Canil/Gatil, à exigência de transportes públicos em todo o concelho a preços acessíveis e em condições de conforto, à defesa do Património, à Cultura, à Educação, entre outros assuntos.

A CDU teve sobretudo voz nas Assembleias de Freguesia onde a proximidade com a população é primordial tentando sempre ajudar na resolução dos problemas expostos.

Muitas foram também as questões e as dificuldades que nos surgiram no gabinete da CDU, nas instalações da Câmara Municipal, direito da oposição que só a CDU foi capaz de manter, porque requer muita disponibilidade e trabalho. Ter o vereador todas as semanas durante 4 anos a ouvir os munícipes, a apoiar, a resolver, a visitar cada caso, a procurar soluções que não saem nos jornais nem nas redes sociais. Trabalho junto e para a população. Quantos vereadores da oposição fizeram este trabalho? Mais nenhum.

A CDU continuará através da Voz dos seus eleitos, do seu colectivo, a levar as questões aos responsáveis. Exigiremos que as promessas sejam cumpridas, especialmente, a promessa de mais e melhores transportes públicos para todo o concelho. Será que Arosa terá direito a transporte público mais do que um dia por semana? Ou que os habitantes de Lordelo terão direito a mais do que um caminho de cabras para chegarem ao apeadeiro?

Algumas pessoas, que agora me lêem, estarão neste momento a revirar os olhos, lá estão eles a falar de mobilidade, mas foi por causa da CDU que esta questão foi escolhida por todas as candidaturas, sem excepção, como bandeira eleitoral. Vamos lá ver se o PS eleito com maioria também pensa na maioria dos vimaranenses e lhes dá a possibilidade de gerirem melhor o seu orçamento mensal, de respeitarem os níveis de poluição e de ruído no concelho, se lhes dá a possibilidade de viverem numa cidade exemplo que não precisa de títulos apenas de dar o exemplo à Europa.

Assim sendo, todos os vimaranenses podem ter a certeza que a CDU, mesmo com perda de posições, estará disponível para trabalhar, para defender o direito dos trabalhadores e da população, desde o ambiente, à mobilidade, à educação, aos serviços públicos.

A CDU continua bem viva em Guimarães e em todo o País.

Mariana Silva, 34 anos, licenciada em Estudos Portugueses e Lusófonos, na Universidade do Minho. É eleita na Assembleia Municipal de Guimarães desde 2009, eleita na Assembleia da União de Freguesias Oliveira do Castelo, São Paio e São Sebastião desde 2013 e membro do Conselho Nacional do Partido Ecologista “Os Verdes”.
Por decisão pessoal, a autora do texto não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.