Guimarães assinala Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres

Alunos das escolas de Guimarães são chamados a realizar um Flash Mob esta sexta-feira, 24, no jardim junto ao espaço da Feira Semanal de Guimarães. Segue-se uma marcha silenciosa para sensibilizar os munícipes para este problema. Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres assinala-se a 25 de novembro.

A iniciativa da Desincoop CRL, e parceria com o Marketing da Escola Francisco de Holanda, da ACIG, do Centro Social Nossa Senhora do Carmo, do Espaço Municipal para a Igualdade (EMI) e da Delegação de Guimarães da Cruz Vermelha, visa levar a mensagem a uma diversidade de munícipes, sobretudo aqueles que habitam nas freguesias fora do miolo urbano e que, neste dia, utilizam o mercado e a feira semanal. Os intervenientes farão a distribuição materiais de sensibilização, em especial, cartões com números de emergência a serem usados por quem viva ou testemunhe este crime público.

A Desincoop na sequência da Campanha Basta! de Violência contra as Mulheres que promoveu entre novembro de 2011 e agosto de 2013, celebra todos os anos o dia 25 de novembro, que as Nações Unidas consagraram à luta pela eliminação da violência contra as mulheres.

O Flash Mob está marcado para as 10 horas e às 10h30 haverá uma Marcha Silenciosa, que sairá do recinto da Feira, subindo a Avenida Conde de Margaride, com destino à Escola Francisco de Holanda onde irão repetir o Flash Mob para os restantes alunos, professores e funcionários.

Nos últimos dias foi feito um apelo aos moradores e comerciantes para que decorem os seus espaços com algo laranja ou, usem um acessório dessa cor, demonstrando, desta forma, a sua adesão a esta causa.

Também a Câmara de Guimarães se juntou à celebração da data.  Ao fim da manhã, às 11h30, na Alameda de S. Dâmaso, realizar-se-á a primeira apresentação da peça de teatro “BASTA!”, pelo grupo de teatro Azul Diferent, da Cercifaf, relacionada com a temática da violência contra o ser humano, com especial destaque para a violência doméstica. Esta atividade de sensibilização será realizada com a colaboração da Cercifaf, dos transportes ARRIVA e da Guarda Nacional Republicana, e é dirigida aos profissionais das instituições locais que no decorrer da sua prática profissional lidem ou possam lidar com a problemática da violência doméstica.