Ouça aqui o AUTO DE DEVASSA #7

Depois de mais uma descarga poluente no rio de Selho, as Obras de S. Torcato da última quinzena só poderia ser a despoluição do Ave. O Pio Nono da quinzena é Filipe Fontes, num programa em que se questiona as baixas do plantel camarário. Nesta edição, o nosso painel elegeu Guimarães Capital do Comércio Tradicional: que medidas para preservar este património vimaranense.

Podcast disponível no Duas Caras e na RUM – Rádio Universitária do Minho.

Ouça aqui (16.04.2018)

AUTO DE DEVASSA é um programa vimaranense disponível em podcast no Duas Caras e que passará na antena da, quinzenalmente, às segundas-feiras. É um debate sobre a atualidade em registo humorístico e irónico, moderado por Paulo Dumas (jornalista). Conta com a participação de Andreia Ferreira (livreira e ex-jornalista), Paulo César Gonçalves (dramaturgo) e Zé Teibão (ilustrador e pintor).

O programa divide-se em três rubricas: ‘Obras de São Torcato‘, onde será debatido um tema premente e crónico em Guimarães, ‘Pio Nono (da semana)‘ em que será destacada a figura marcante da quinzena e ‘Capital de‘, no sentido em que tem sido apanágio de Guimarães a tentativa de se distinguir com estes títulos.

Porquê AUTO DE DEVASSA?

Datado de 1828, no ‘Auto de Devassa’ que inspira o nome do programa, foram identificados e perseguidos mais de 100 liberais vimaranenses. Aconteceu seis anos depois de, em 1822, ter sido lançada a primeira publicação periódica vimaranense, em defesa do liberalismo. É com esse espírito de livre debate de ideias que surge este programa de rádio que versa sobre a atualidade de Guimarães.