Contagem decrescente: EDP Running Wonders Guimarães – “Corrida dos Conquistadores” é dia 24 de junho

banner DUAS CARAS.jpg

A 6ª edição da Meia Maratona EDP Running Wonders Guimarães, um evento coorganizado pelo Município de Guimarães e Globasport, conta com o apoio da EDP. Iniciada na cidade de Guimarães em 2013, a prova tem vindo a ganhar dimensão nacional e internacional, a exemplo das restantes provas congéneres que fazem parte do calendário das Meias Maratonas do Património Mundial.

Ricardo Costa, vereador do Desporto, segundo comunicado da autarquia, durante a apresentaçã pública do evento que aconteceu na semana passada, no Paço dos Duques, referiu ser para Guimarães um orgulho receber uma prova com o prestígio da EDP Running Wonders.

Destacou ainda o facto de estarem envolvidas mais de 100 pessoas na organização, mais de 200 voluntários e um número de inscrições alto. “Aliar a maratona a um Centro Histórico como o de Guimarães é um momento especial”, frisou. O vereador fez questão de evidenciar o caráter solidário do evento, fruto de uma preocupação com uma sociedade mais inclusiva. “Em Guimarães, cidade que foi Capital Europeia da Cultura, Cidade Europeia de Desporto e que é Património Mundial, receberemos a meia maratona de braços abertos”, concluiu.

Paulo Costa, da Globalsport, salientou que este é um “projeto de turismo ativo” que escolheu Guimarães pela sua vivacidade e pelo seu exemplar património classificado. “A Corrida dos Conquistadores tem uma simbologia muito própria, pois só em Guimarães é possível ter como pano de fundo, na partida da prova, o Castelo que esteve na origem da fundação de Portugal. Este é o quarto ano consecutivo que a prova será transmitida em direto pelo canal de maior audiência em Portugal, a TVI”, salientou, agradecendo a toda a equipa da Câmara Municipal, aos vimaranenses e suas coletividades, em especial à Cercigui, por todo o apoio que a prova tem recebido. Paulo Costa deixou também um agradecimento a Dulce Félix e Ricardo Ribas, atletas que apadrinham a competição. O responsável da Globalsport disse esperar um recorde de inscrições este ano, com um número a rondar as sete mil.

Para os padrinhos da prova, Dulce Félix e Ricardo Ribas, participar na “Corrida dos Conquistadores” é um orgulho.

A apresentação pública terminou com a entrega simbólica de um cheque de 7.000€ à Cercigui, fruto da receita da edição de 2017.