Mas isso agora não interessa nada!

LJ-CC-AS100-2

Nesta que é a minha primeira colaboração com o Duas Caras, começo por agradecer o convite, e dizer que é com grande sentido de responsabilidade que aceito fazê-lo.

Um abraço especial ao Teixeira, que pela experiência política e de vida, ao substitui-lo nesta colaboração, me deixa com responsabilidade acrescida.

Assim, desta vez, tentarei não fazer da análise política quer local quer nacional o mote principal.

Como é do conhecimento publico não sou natural de Guimarães, nem do concelho e nem do distrito.

Mas isso agora não interessa nada!

O que eu quero dizer é que mesmo assim adoro Guimarães. Em 20 anos aprendi a dinâmica da cidade, que mudou um bocadinho desde que cá cheguei. Aprendi a gostar das pessoas embora já uma vez ou outra tivesse constatado a teoria de que Guimarães é povo de duas caras.

Mas isso agora não interessa nada!

Gosto de passear no parque da cidade, no Castelo, de me sentar à sombra e ler um livro, gosto do ambiente no Toural quando os dias começam a arrefecer e tem menos gente, mas não gosto do jardim cimentado, há qualquer coisa que não combina.

Mas isso agora não interessa nada!

Como comecei por dizer, Guimarães entranhou-se em mim, e isso não me desagrada nem um bocadinho, por isso é que me preocupa o facto da cidade, nomeadamente o centro da cidade estar a ficar aos poucos despovoada.

Vejamos, Guimarães tem uma actividade cultural  considerável,  as pessoas vêm para as ruas e enchem a cidade e depois este fica vazio. Os edifícios não têm vida la dentro, não haverá quem lá queira morar?

Há com certeza, mas ou não podem pagar os valores pedidos, ou não aguentam o barulho.

Será por aí? Não sei, temos de ver.

Mas isso agora não interessa nada!

Sónia Cristina Patrocínio Gonçalo Ribeiro, 43 anos, é coordenadora da concelhia de Guimarães do Bloco de Esquerda, membro da distrital do BE e presidente do CESMINHO- Sindicato do Comercio Escritórios e Serviços do Minho.