Agora as freguesias!

Presidente e Vereadores, adjuntos e administração local existem para resolver problemas. Portanto à pergunta sobre se há problemas para resolver em Santa Clara a resposta é simples. Há.

O primeiro é o de ambição. Do Presidente de Câmara, dos Vereadores e dos Senhores Presidentes de Junta que querem sempre mais e fazer mais. E ainda bem que querem, porque significa que querem melhorar as condições de vida das suas populações e das suas comunidades.

O segundo está relacionado com o facto de os recursos serem limitados. Desde logo, os financeiros. O Orçamento Municipal é limitado. Mas também os recursos humanos. Os arquitetos, os engenheiros, as equipas de trabalho do município têm também limites e o volume de trabalho é imenso.

Não é por isso possível fazer tudo o que gostaríamos de fazer, pelo que, quem tem o poder de decidir, tem de fazer escolhas. Impõe-se assim a pergunta: Que escolhas fazer? As escolhas que devemos fazer devem ser norteadas pelos programas eleitorais sufragados pelos eleitores. Cumprindo o programa, estamos a concretizar os nossos compromissos.

Passou cerca de um ano e meio do mandato em curso. Se olharmos para o Programa Eleitoral de Domingos Bragança percebemos que grande parte dos seus compromissos estão cumpridos. Aliás, estão em curso, e em fase de conclusão, na cidade, as mais importantes obras do mandato: o Parque de Camões, o Teatro Jordão a que se somam já outras importantes concretizações como a Ecovia ou o arranjo urbanístico junto à Universidade. Estas intervenções consumiram uma parte substancial do orçamento de investimento para o mandato e dos recursos humanos disponíveis para o trabalho que teve de ser feito.

Mas nas freguesias, na generalidade do Concelho, com uma ou outra exceção há ainda muito programa eleitoral, feito e assinado, por fazer. E isso é o terceiro problema que terá de ser resolvido. Em cooperação e sem competição, e com equilíbrio. Ninguém desmerece a preocupação e o investimento feito pelo atual executivo nas Freguesias do Concelho de Guimarães. Tem acontecido é certo. Mas se a concretização do programa eleitoral do município para a cidade de Guimarães deixa, a partir do próximo mês de junho, de ser problema, talvez seja altura de recuperarmos o slogan de António Magalhães: “Agora as Freguesias”.

.

Luís Soares, 35 anos, Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra. Lidera a Concelhia do Partido Socialista em Guimarães desde 2018 e desempenha o mandato de Deputado à Assembleia da República e de Presidente da Junta de Freguesia de Caldelas, Vila das Taipas.