Associação de Psicologia da UMinho instalada em Guimarães

A antiga estação de comboios de Guimarães, na avenida D. João IV, passa a ser a sede da Associação de Psicologia da UMinho a partir de amanhã, quarta-feira, 19 de abril. A cerimónia de inauguração, marcada para as 11h00, contará com as presenças do reitor da universidade, António M. Cunha, do presidente da câmara de Guimarães, Domingos Bragança, e da vereadora bracarense Sameiro Araújo. O acontecimento surge no âmbito das comemorações do oitavo aniversário da Escola de Psicologia da UMinho (EPsi).

“Pretende-se com a abertura deste espaço tornar mais acessíveis aos habitantes da região serviços especializados de psicologia de elevada qualidade e de base científica demonstrada”, explica a presidência da Escola, acrescentando que a associação resulta de uma parceria entre a UMinho, através da EPsi e dos Serviços de Ação Social, e as câmaras municipais de Braga e Guimarães.

A sessão de abertura, que decorrerá esta quarta-feira, às 15h00, no anfiteatro multimédia da EPsi, situado no campus de Gualtar, conta com com as intervenções do reitor António M. Cunha e do presidente desta Escola, Paulo Machado. O programa de comemorações inclui ainda, pelas 16h00, a palestra “Crescer em contextos de pobreza e exclusão social: investigação, intervenção e políticas sociais”, a cargo da professora catedrática Isabel Soares (EPsi) e uma mesa redonda dedicada à internacionalização do ensino e da investigação, com ex-alunos com percursos de sucesso.

Prevê-se ainda uma homenagem ao professor da UMinho José Cruz, pelo seu percurso académico no âmbito da Psicologia do Desporto, a entrega das cartas de curso aos finalistas e a atribuição de prémios a estudantes e docentes que se destacaram ao longo do último ano. Serão distinguidos os professores Iolanda Ribeiro (Prémio Interação com a Sociedade), Ana Paula Soares (Prémio Ensino) e Isabel Soares (Prémio Investigação).
A EPsi é a mais nova das 11 unidades orgânicas de ensino e investigação da UMinho, criada após a extinção do Instituto de Educação e Psicologia em 2009. Tem dois departamentos – de Psicologia Básica e de Psicologia Aplicada – e o Centro de Investigação em Psicologia, classificado como “Excelente” na recente avaliação promovida pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia e considerado um dos 15 melhores centros de investigação nacionais. A EPsi foi, também, a instituição de ensino superior portuguesa com maior produtividade, qualidade científica, impacto e colaboração internacional no domínio da Psicologia, segundo o Ranking Ibero-americano de Psicologia, que avaliou 902 academias de 30 países no período 2005/09. A Escola conta com 35 docentes e investigadores e cerca de 600 alunos inscritos nos vários cursos.