Instituições vimaranenses assinam hoje a Carta Portuguesa para a Diversidade

São 27 as instituições vimaranenses signatárias da Carta Portuguesa para a Diversidade, um documento criado com o objetivo de encorajar as entidades empregadoras e demais organizações a implementar e desenvolver políticas e práticas de promoção da diversidade. O evento está marcado para as 15h00, na Plataforma das Artes.

A adesão à Carta Portuguesa para a Diversidade está a ser promovida pela Desincoop, em parceria com a Câmara Municipal de Guimarães, ACIG, e outras entidades com e sem fins lucrativos do concelho.

O primeiro país europeu a aderir a este instrumento de promoção da diversidade foi a França em 2004, e a Carta Portuguesa foi a 16º a ser lançada na Europa, a 31 de março de 2016. Guimarães junta-se agora aos 160 signatários portugueses deste documento.

A Carta Portuguesa para a Diversidade é “entendida como o reconhecimento, o respeito e a valorização da(s) diferença(s) entre as pessoas, incluindo particularmente as diferenças relativas ao sexo, identidade de género, orientação sexual, etnia, religião, credo, território de origem, cultura, língua, nacionalidade, naturalidade, ascendência, idade, orientação política, ideológica ou social, estado civil, situação familiar, situação económica, estado de saúde, deficiência, estilo pessoal e formação”.

Leia o documento na íntegra aqui