Eleições do Vitória: Urnas abriram às 09h09

comercio de Guimaraes FA

Decorreu com normalidade a abertura das urnas para as eleições do Vitória, apesar do pequeno atraso de nove minutos. A abertura estava prevista para as 09h00, sendo que por essa hora já alguns votantes formavam fila para exercer o seu direito de voto.

Há 13.609 sócios efetivos que estão em condições de votar. Contudo, na altura do fecho dos cadernos eleitorais, só 10.129 estavam em condições para o fazer: 3.480 ainda não tinham pago a quota n.º 2, relativa a fevereiro de 2018. Nesse sentido, durante o dia de hoje estes sócios podem regularizar a situação – haverá condições no Pavilhão do Vitória para esse efeito – e exercer o direito de voto.

WhatsApp Image 2018-03-24 at 09.39.54
Há sete mesas de voto para 13.609 eleitores

Assembleia de voto aberta entre até às 19h09

O sócio eleitor terá que exibir o cartão de sócio e o cartão de cidadão ou, na impossibilidade de exibição deste ultimo, documento oficial identificativo com fotografia.

Segundo o Regimento de funcionamento das mesas de voto na Assembleia Geral eleitoral dos órgãos sociais para o triénio 2018/2021, a mesa 1 vai do primeiro ao 1500; a mesa 2 vai do 1501 ao 3000, a mesa 3 vai do 3001 ao 5000, a mesa 4 vai do 5001 ao 7000, a mesa 5 vai 7001 ao 10.000, a mesa 6 vai do 10.001 ao 16.000 e a mesa 7 vai do 16.001 ao 22.273. São sete mesas de voto, compostas pelos presidente da mesa indicado pela mesa da Assembleia Geral; delegado, substituto do presidente da mesa; dois sócios efetivos indicados por cada lista.

No início do ato eleitoral, cada mesa de voto aponta quantos votos por correspondência foram descarregados na mesa.

Mais logo, depois das 19h09, hora de fecho do pleito, aberta a urna pelo presidente da mesa, este procede à contagem dos boletins existentes na urna, podendo para o efeito ser assessorado pelo seu substituto, por sua vez, os sócios efetivos indicados pelas listas procedem à contagem e confronto do número de votos com o número de descargas nos cadernos eleitorais;

Caso o número de boletins de voto não coincida com o número de descargas, o presidente da mesa procede a nova contagem dos boletins; Após a contagem o presidente da mesa separa os votos validos por lista, os votos nulos e os votos em branco. Registando o resultado dessa contagem entregando de seguida os boletins de voto às duas listas para eles, querendo, conferirem.

Concluída a contagem e o apuramento final, o presidente da mesa elabora a respetiva ata, cujo modelo é entregue pela mesa da Assembleia Geral, que será assinada pelo próprio e pelos restantes membros da mesa presentes.

Qualquer reclamação que surja na mesa de voto será decidida pela maioria dos seus elementos presentes naquele momento. Desta decisão cabe recurso para a mesa da Assembleia Geral.

comercio de Guimaraes FA